sábado, 17 de março de 2012

Morremos mais de uma vez na vida



Quando cresci, uma das coisas que me ensinaram foi que todos nós  nascemos, crescemos e morremos. Como todas as plantas e animais existentes no mundo. Escutei várias vezes frases do tipo: "A vida é curta, aproveite, porque só existe uma”...

Hoje que sei que morremos mais de uma vez na vida.

Morrem muitos sonhos... Enterramos tudo embaixo da terra firme, para que em um futuro próximo, o máximo que sobre dessa vida, seja uma lembrança estampada em flores, retratos e vento.

Haverá um cadáver também. Restos mortais que insistem em continuar pregados ao seu novo corpo. Destes que você acaba tropeçando às vezes, e por mais eu você lute para arrancá-los, não existe como.

O pior é que não há um velório!  Não existe aquele tempo que todos precisamos para recarregar as baterias e se levantar. É um processo contínuo... Enquanto você morre, tem que continuar vivendo.  Se arrastando enquanto seus olhos se regeneram depois de tantas lágrimas, a cabeça latejando depois de tentar entender o porquê de tudo na vida.

Mas uma coisa é certa. Por mais que seja doloroso, o renascer é uma certeza reconfortante. E às vezes não sabemos dizer se o que dói mais é a consciência de que tudo passa. Apesar das pernas cansadas, um dia elas levantam como novas... Idéias novas, novas esperanças... Novos sonhos...

A lágrima pode ser inevitável, mas o sorriso é certo...  E embora a saudade corroa o peito com  fúria, o milagre da vida nos ensina que continuar sempre em frente, é a principal regra para ser feliz.

Então vá! Respire fundo e tome fôlego, ainda existe muita vida por cima de tudo que enterramos, e acredite, muitos sorrisos ainda vão brotar do rosto marcado pela inevitável delícia de viver.

"Virá um tempo em que você deverá ficar sozinho. Você deve estar confiante o bastante em seu interior para seguir seus próprios objetivos de vida. Você deve estar disposto a fazer sacrifícios. Você deve ser capaz de mudar e rearranjar suas prioridades, de forma que sua meta final possa ser atingida. Às vezes, o conforto e a familiaridade precisam ser desafiados. Há momentos em que você deve assumir riscos extras e criar suas próprias realidades. Seja forte o bastante para, ao menos, tentar fazer sua vida melhor. Esteja seguro de que não irá se acomodar em seus compromissos só para passar o tempo. Aprecie-se concedendo-se as oportunidades de crescer, desenvolver-se, e encontre o seu verdadeiro propósito nessa vida. Não fique na sombra de alguém quando é a sua luz que deve mostrar o caminho."

2 comentários:

  1. Adorei o texto! Realmente, é muito difícil e frustrante dizer adeus a um sonho, ainda mais quando desejamos com muita força que ele se torne realidade! Lindo!

    Beijos.

    Mariana Sampaio
    Blog Tijolinhos de Papel

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Eliane,

    Lindo texto, lindas as palavras que nos fazem refletir aqui...parabéns...abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...